> Arquivo

Entrada de Estrangeiros no Territorio Nacional

RG:
ARQ/1330

Ficha:
1330

Data:
04/11/937

Arquivo:
1546

Orgão emissor:
Legacao do Brasil em Bucareste

De:
Cyro de Freitas Valle

Orgão Receptor:
Ministerio das Relacoes Exteriores

Para:
Mario de Pimentel Brandao

Cargo:
Ministro de Estado das Relacoes Exteriores

Tipologia:
Oficio

Classificação:
Secreto

Cidade:
Bucareste

País:
Romenia

Idioma:
Portugues

Número de páginas:
2

Documento no.:
111

Número (código):
511.1

Síntese:

1. Valle consulta Brandão, para que este explique o que significa a expressão "'já radicado no Brasil'". [p.1]

2. Explica que a sua dúvida se deve porque na "Circular nº1127 parece indicar que se deve conceder visto ao semita radicado no Brasil, entendendo-se como tal aquelle que fôr casado com brasileira ou que tiver filho brasileiro ou que possuir immoveis no paiz. Por outro lado a O.P.S. nº 28 apenas enumera duas hypotheses: I) haver o estrangeiro residido ahi por mais de cinco annos e II) possuindo terras ou bens immoveis, ter mulher ou filho brasileiro". [p.1]

3. A dúvida de Valle é se o Serviço Consular da Legação de Bucareste pode conceder visto ao estrangeiro que não satisfizer todas as condições citadas no parágrafo anterior, só algumas delas. "Sería o caso, notadamente, daquelle que, não possuindo bens immoveis, fosse casado com brasileira ou tivesse filho brasileiro". [p.2]

Observação:

- Carimbo: S. de E. das Relações Exteriores. Serviço de Comunicações. 06/12/1937. Nº 14891.

Palavras Chave:

Bucareste; Circular n? 1127; estrangeiro; Legacao; radicado; Romenia; visto.

Imagens Relacionadas:

DOCUMENTO2531080811035718