> Arquivo

Novas Medidas de Excecao Contra os Israelitas

RG:
ARQ/1347

Ficha:
1327

Data:
23/09/1937

Arquivo:
1546

Orgão emissor:
Embaixada do Brasil em Berlim

De:
Moniz de Aragao

Cargo:
Embaixador do Brasil em Berlim

Orgão Receptor:
Ministerio das Relacoes Exteriores

Para:
Mario de Pimentel Brandao

Cargo:
Ministro de Estado das Relacoes Exteriores

Tipologia:
Oficio

Classificação:
Reservado

Cidade:
Berlim

País:
Alemanha

Idioma:
Portugues

Número de páginas:
2

Documento no.:
409

Número (código):
640.16(81)

Síntese:

1. Com o Congresso de Nuremberg, diversas medidas novas foram adotas em relação aos "allemães de raça israelita residentes no territorio do Reich". [p.1]

2. Assim, qualquer alemão pode se recusar a comercializar com judeus, vender alimentos e objetos de uso diário, e também "negar-se a lhes alugar locaes de habitação ou de commercio". [p.1]

3. Este "'direito'" foi reconhecido pela "'Correspondencia do Partido Nacional Socialista'"., "orgão official nazista, o qual determina mesmo quaes as 'medidas legaes de excepção e exclusão' que as municipalidades podem dictar contra os semitas". [p.1]

4. Não poderão ser penalizados os comerciantes que se recusarem a vender produtos aos judeus. [p.1]

5. A polícia pode "expulsar ou prohibir a residencia de judeus cuja attitude seja susceptivel de incommodar a população". [p.2]

6. A entrada de judeus nos "casinos municipaes e nas cidades de verão". Os donos dos hotéis podem recusar hóspedes que "não sejam aryanos". [p.2]

7. Também aconselharam a proibir em "todas as cidades climatericas e balnearias a permanencia de judeus", "e isso 'constitue um dever inspirado pelo instincto de conservação e pela preocupação que todos os allemães puros de raça devem ter de proteger o seu prestigio e os seus interesses economicos'". [p.2]

8. Berlim e outras cidades também designaram "um certo numero de bancos especiaes que só deverão ser ocuupados pelos judeus". [p.2]

9. Cita o distrito de Willmersdorf, no oeste de Berlim: "já foram installados taes bancos que ostentam uma inscripção indicando que são unicamente destinados á população judia e estão pintados de amarello. Nos demais bancos, pintados de branco, um aryano tem o direito de expulsar os judeus que nelles tomem assento". [p.2]

10. Estas medidas que que indicam uma maior intensidade da "campanha anti-semita tem provocado uma grande emoção entre os israelitas que ainda residem na Allemanha". [p.2]

Observação:

- Carimbo: S. de E. das Relações Exteriores. Serviço de Comunicações. 28/10/1937. Nº 13319.

Palavras Chave:

Alemanha; ariano; branco; Berlim; cassino; exclusao; hotel; israelita; judeu; Partido Nacional Socialista; venda; Willmersdorf.

Imagens Relacionadas:

DOCUMENTO2533080811040149