Notícias

PASSO FUNDO - A Sociedade União Israelita de Passo Fundo inaugurou ontem, após 65 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, o primeiro monumento do interior do Estado em memória às vítimas do Holocausto. 
A solenidade aconteceu no cemitério Israelita, localizado no bairro Vera Cruz, com a presença do prefeito Airton Dipp, o presidente da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, Henry Chmelnitsky, presidente da União Israelita de Passo Fundo, Daniel Winik, o bispo emérito Dom Urbano Algayer e o sobrevivente do holocausto, Max Wachsmann Schanzer.