> Periódicos

Israel libera memorias do nazista Eichmann

RG:
PER/324

Ficha:
242

Data:
01/03/2000

Tipologia:
Informe

Classificação:
Outro

Impresso:
Jornal

Nome:
O Estado de Sao Paulo

Ano do impresso:
2000

Cidade:
Sao Paulo

País:
Brasil

Idioma:
Portugues

Sínteses:

Quase 40 anos depois do enforcamento do nazista Adolf Eichmann, Israel liberou ontem as memórias que ele escreveu antes de sua execução no país, em 1962. No texto, ele define o Holocausto como "o pior crime da história", mas não se sente responsável por ele, apesar de ter sido chefe do Departamente de Assuntos Judaicos da Gestapo. (Reuters)

Pessoas Citadas:

Adolf Eichmann

Palavras-chave:

Antissemitismo; enforcamento; Holocausto; memorias